MPRJ denuncia major Zuma, ex-comandante da UPP Nova Brasília, por invasão de residências

Entre janeiro e abril deste ano, moradores do Alemão relataram abusos cometidos pelos policiais

O MPRJ  (Ministério Público do Rio de Janeiro) denunciou o major Leonardo Zuma, ex-comandante da UPP de Nova Brasília por invasão de residências e cerceamento do direito de propriedade de pessoas que vivem no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio. O coronel André Luiz Belloni Gomes, comandante da CPP (Coordenadoria de Polícia Pacificadora), também está sendo denunciado por omissão.

De acordo com o MPRJ, os policiais militares lotados na UPP teriam invadido as casas de moradores da comunidade Nova Brasília entre janeiro e abril deste ano. A denúncia relata que os agentes entravam nos imóveis contra a vontade dos proprietários sob a alegação de necessitarem de uma base de proteção no momento de confronto com traficantes. O documento diz ainda que residências foram arrombadas e os moradores foram submetidos à situações de constrangimento.

Procurado pelo R7 o comando das UPPs informou que até o momento não foi comunicada oficialmente sobre a decisão do Ministério Público.