Rio de Janeiro Mulher é atingida por bala perdida dentro de casa em São Gonçalo

Mulher é atingida por bala perdida dentro de casa em São Gonçalo

Polícia Militar afirma que não fez operação no local; estado de saúde da vítima é considerado estável

Uma mulher de 58 anos foi atingida por uma bala perdida dentro de casa na manhã desta terça-feira (6), no bairro da Covanca, em São Gonçalo, Região Metropolitana. A vítima estava no sofá quando foi baleada no tórax.

Segundo a PM, o 7º BPM (São Gonçalo) não realizou operação na região, e a equipe que faz o patrulhamento da área foi informada sobre a entrada no pronto socorro de uma mulher atingida por disparo de arma de fogo.

De acordo com a Secretaria de Saúde de São Gonçalo, a paciente está estável e lúcida. O boletim médico aponta que a bala está alojada entre o coração e o pulmão, sem risco aparente. 

Em nota, a PM declarou que a ocorrência foi encaminhada para a 72ª DP (São Gonçalo), que investigará de onde partiu o tiro.

Dois mortos em operação no Salgueiro

Polícia apreendeu fuzis e drogas na operação

Polícia apreendeu fuzis e drogas na operação

Divulgação/Polícia Civil

Na manhã desta terça, uma operação da Polícia Civil deixou dois suspeitos mortos no Complexo do Salgueiro, também em São Gonçalo, segundo a polícia.

A operação tinha como objetivo localizar lideranças do tráfico de drogas da região, dentre elas um traficante suspeito de ter assassinado a ex-namorada.

Também eram alvos chefes do tráfico de drogas do Ceará, que se esconderam na comunidade, segundo informações da Draco (Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais) e do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa) da Polícia Civil do Ceará.

Segundo os agentes, os criminosos se esconderam em casas da comunidade durante a operação, e também em mangues e regiões de mata próximas. Dois alvos da polícia do Ceará foram mortos: os traficantes conhecidos como Erasmo e Carlinhos, que tinham mandados de prisão em aberto.

Na operação, foram apreendidos dois fuzis, pistolas, diversos carregadores e munições, grande quantidade de tabletes de drogas e, ainda, vários trajes camuflados utilizados pelos narcotraficantes.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira 

Últimas