Mulher é baleada após sair de agência bancária no Rio

Segundo o marido, Michelle Cristina vai passar por cirurgia para a retirada de um projétil alojado entre o pescoço e o coração

Uma mulher foi baleada por um criminoso na noite da última quarta-feira (18) após sair de uma agência bancária na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro. Ela está internada em um hospital particular na Glória, na zona sul.

Leia também: RJ registrou cerca de dois casos de racismo por dia em 2019, diz estudo

Em entrevista à Record TV Rio, o marido de Michelle Cristina de Amorim Salgado Mendes contou que ela havia sacado R$ 2 mil e foi rendida quando caminhava em direção ao carro. O criminoso disparou duas vezes. Ela foi atingida na perna e na clavícula.

Segundo o marido, o segundo tiro foi disparado em direção à cabeça, mas a vítima desviou e a bala ficou alojada entre o pescoço e o coração.

Michelle foi levada pela irmã para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio, com escolta do 6º BPM (Batalhão de Polícia Militar), e, depois, transferida para um hospital particular.

Leia também: Quatro pessoas morrem após queda de veículo na Baía de Guanabara

O marido disse que a vítima passaria por uma cirurgia para a retirada do projétil na tarde desta quinta (19). Em nota, a unidade informou que não divulga o estado de saúde de pacientes sem a autorização da família.

A Polícia Civil informou que o caso foi registrado na 18ª DP (Praça da Bandeira) e que diligências estão em andamento para localizar e prender o suspeito.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira