Músico foragido há 25 anos por abusar de enteada é preso no RJ

Homem molestava a criança enquanto a mulher estava no trabalho. Ele havia sido condenado a 13 anos e seis meses de prisão

Homem estava foragido desde 1995

Homem estava foragido desde 1995

Divulgação

Após 25 anos foragido, o músico José Marcos da Silva, de 55 anos, acusado por abusar da enteada de 11 anos em 1995, foi preso em casa na manhã desta quarta-feira (16) no bairro Itaipuaçu, em Maricá, na Região Metropolitana do Rio.

Baleia é encontrada morta na praia de Copacabana, zona sul do Rio

De acordo com a Polícia Civil, o criminoso conhecido como Jagun abusava sexualmente da menina enquanto a mãe dela estava no trabalho. Na época do crime, a família morava no bairro Inoã, também em Maricá.

Ele foi condenado a 13 anos e seis meses de prisão em regime fechado por estupro de vulnerável em 1995 e estava foragido desde então. O mandado foi expedido pela 1ª Vara Criminal de Niterói.

RJ prorroga estado de calamidade até o fim do ano devido à pandemia

A Polícia Civil informou que Silva será levado para o sistema penitenciário do Estado para começar a cumprir a pena.

* Estagiária do R7, sob supervisão de Odair Braz Jr.