Niterói vai liberar reabertura de parte do comércio e acesso à orla

Prefeito Rodrigo Neves afirmou que lojas dentro de shoppings vão continuar fechadas; plano de retomada gradual será divulgado nesta terça (19)

Bloqueio total começou na segunda-feira (11) em Niterói

Bloqueio total começou na segunda-feira (11) em Niterói

PAULO SERGIO DE FREITAS/AGÊNCIA F8/ESTADÃO CONTEÚDO/ 12/05/2020

Após dez dias de bloqueio total em Niterói, a prefeitura anunciou a liberação do funcionamento de parte do comércio e o acesso à orla a partir de quinta-feira (21). O plano de transição gradual será apresentado nesta terça-feira (19). 

Veja também: Água cristalina na praia de Botafogo é efeito do outono, diz Inea

O anúncio foi feito no domingo (17) pelo prefeito Rodrigo Neves por meio das redes sociais. Ele destacou que as praias vão continuar fechadas, mas as pessoas serão autorizadas a fazer exercícios no calçadão, com a obrigatoriedade de usar máscara de proteção e respeitar o  distanciamento social.

Os horários para prática de atividades na orla serão em dois turnos: de 6h às 9h e 16h as 20h. No caso de idosos, o horário permitido será de 9h às 11h. Quem descumprir as restrições, como o uso da máscara, poderá ser multado.  

Sobre o comércio, o prefeito também afirmou que as lojas dentro de shoppings vão continuar fechadas.

O município de Niterói adotou o isolamento rígido na última segunda-feira (11), no qual foi permitido apenas o deslocamento por força de trabalho ou para ida a serviços de saúde, estabelecimentos autorizados e compra de alimentos e medicamentos.

De acordo com o boletim divulgado no domingo (17), Niterói tem 1.286 casos confirmados do novo coronavírus, com 650 em isolamento domiciliar acompanhados pela FSM (Fundação de Saúde do Município). A cidade registra, até o momento, 70 óbitos e 491 pacientes recuperados.

Segundo o secretário de Ordem Pública, Paulo Henrique de Moraes, ainda nesta semana será ampliada a fiscalização com verificação de temperatura das pessoas que circulam dentro da cidade.

“Quem estiver com a temperatura acima do normal será encaminhado para as nossas unidades de saúde”, disse ele.

*Sob supervisão de Bruna Oliveira