Rio de Janeiro Nove milicianos do Ecko são presos em Bangu, zona oeste do Rio

Nove milicianos do Ecko são presos em Bangu, zona oeste do Rio

Criminosos sequestravam traficantes rivais e revendiam drogas

A Polícia Civil prendeu nove narcomilicianos do bando de Wellington da Silva Braga, o “Ecko”,  nesta terça-feira (30), em Bangu, zona oeste do Rio. De acordo com investigações, a quadrilha sequestrava traficantes rivais e revendia as drogas roubadas. Um dos integrantes já havia sido detido em abril de 2018, em uma festa de um sítio do “Ecko”.

Com os presos, os policiais encontraram uma arma, munições, maconha, cocaína, identidades aparentemente falsas, 12 cartões de crédito, um notebook, três máquinas de cartão e um caderno com anotações das vendas.

Nove narcomilicianos são presos enquanto vendiam drogas

Nove narcomilicianos são presos enquanto vendiam drogas

Divulgação/PCERJ

Na rua Quinhentos e Cinquenta e Dois, em Bangu, os agentes tiveram apoio da Coordenadoria de Recursos Especiais para efetuar as prisões enquanto os criminosos traficavam as drogas. O líder da quadrilha foi identificado como Valcir Francisco dos Santos.

Com ele, estavam: Diego Felipe Almeida dos Santos, Ulisses Ricardo Gomes de Sousa, Daniel Felipe Xavier Sudre, Diego Santos de Menezes, Wagner da Silva Rocha, Caio dos Santos Miguel, Marlon Barroso Camacho e Gabriel Sardinha Barros.

RJ bate novo recorde e tem 710 pacientes na fila por leitos de covid

Segundo o delegado Marcus Amim, responsável pelo caso, Daniel Felipe foi um dos detidos na festa de 2018, quando 149 pessoas responderam por envolvimento com a milícia. Agora, os nove narcomilicianos foram encaminhados à delegacia, na Cidade da Polícia, na zona norte. Eles foram atuados por crime de milícia, tráfico de drogas e porte de arma de fogo.

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas