Parentes e amigos protestam contra prisão de produtor cultural no Rio

No Dia da Consciência Negra, manifestantes querem chamar a atenção para o caso. Familiares dizem que Gugu foi preso injustamente há mais de 80 dias

Parentes e amigos fazem um protesto no centro do Rio nesta sexta-feira (20), Dia da Consciência Negra, contra a prisão do produtor cultural Ângelo  Gustavo, de 28 anos, mais conhecido como Gugu. Ele está preso há mais de 80 dias por causa de uma acusação de participação em um assalto, em 2014, na zona sul do Rio.

Parentes e amigos protestam no centro do Rio

Parentes e amigos protestam no centro do Rio

Record TV Rio

Entre os problemas apontados por familiares na investigação está o reconhecimento do suspeito por meio de foto retirada da rede social, além do mandado de prisão ter sido expedido seis anos após o crime.

Uma tia disse que Gugu estava em uma cerimônia com a família no dia do crime, apesar de estar com fortes dores em razão de uma cirurgia. Os parentes acreditam que ele tenha sido confundido com outro homem negro com características semelhantes. 

Nas redes sociais, artistas e influenciadores também pediram liberdade para Gugu. O cantor e compositor Caetano Veloso narrou o vídeo que viralizou na internet por contar a história do produtor cultural.