Rio de Janeiro PF resgata animais silvestres mantidos em cativeiro ilegal na Baixada Fluminense

PF resgata animais silvestres mantidos em cativeiro ilegal na Baixada Fluminense

Araras-canindé e macaco-prego estavam em condomínio residencial no bairro do Tinguá, em Nova Iguaçu

Macaco prego foi resgatado em condomínio residencial de Nova Iguaçu

Macaco prego foi resgatado em condomínio residencial de Nova Iguaçu

Divulgação/Polícia Federal

A Polícia Federal realizou uma operação, na manhã desta sexta-feira (30), para resgatar animais silvestres que estavam em um cativeiro ilegal na Baixada Fluminense. Os agentes recuperaram duas araras-canindé, um papagaio e um macaco-prego.

Segundo a corporação, um mandado de busca e apreensão foi cumprido em um condomínio residencial no bairro do Tinguá, em Nova Iguaçu.

O caso começou a ser investigado pela Delegacia de Repressão a Crimes contra o Meio Ambiente e Patrimônio Histórico após a prisão de um homem que retirava uma arara-canindé de uma clínica veterinária em um shopping na Barra da Tijuca, em janeiro deste ano.

Os animais foram apreendidos e encaminhados ao Cetas (Centro de Tratamento de Aves Silvestres) para tratamento e destinação adequada.

Últimas