Rio de Janeiro PM é preso após matar homem que agrediu ex-mulher e amigo em bar na zona oeste do Rio

PM é preso após matar homem que agrediu ex-mulher e amigo em bar na zona oeste do Rio

Polícia investiga se agente agiu em legítima defesa ao atirar contra Jarbas de Oliveira, de 25 anos, em Senador Camará

  • Rio de Janeiro | Victor Tozo*, do R7, com Aline Pacheco, da Record TV Rio

Um policial militar matou um homem que agrediu a ex-mulher e um amigo dela em um bar em Senador Camará, na zona oeste do Rio de Janeiro, na noite deste domingo (17). O agente foi preso preventivamente.

Jarbas tinha filho de 4 anos

Jarbas tinha filho de 4 anos

Reprodução/Redes Sociais

Segundo informações obtidas pela Record TV Rio, Jarbas Montenegro de Oliveira, de 25 anos, foi até o estabelecimento após receber mensagens de um amigo que disse ter visto sua ex-mulher no local com outro homem.

Ao chegar ao bar, Jarbas teria dado um soco na mulher e mordido o homem que a acompanhava. O PM, que estava no local de folga, interferiu na confusão e acabou atirando contra o agressor, segundo testemunhas.

Jarbas e a ex-mulher se separaram no mês passado, depois de ficarem cinco anos juntos. De acordo com pessoas próximas, ele não aceitava o fim do relacionamento. Os dois eram pais de um filho de 4 anos.

Em nota, a Polícia Militar afirmou que a 2ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar apura o caso, que também é investigado pela Polícia Civil. A Delegacia de Homicídios da Capital vai avaliar se o agente agiu em legítima defesa ou se houve abuso de poder.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira 

Últimas