Rio de Janeiro Polícia acha esconderijo de Fat Family em ação que deixou 3 mortos na Maré; vídeo mostra remédios no local

Polícia acha esconderijo de Fat Family em ação que deixou 3 mortos na Maré; vídeo mostra remédios no local

Traficante não foi encontrado no local; cinco suspeitos foram presos na Nova Holanda

  • Rio de Janeiro | Do R7, com Rede Record

Segundo policiais, casa encontrada na comunidade com medicamentos e material para curativo é esconderijo de Fat Family

Segundo policiais, casa encontrada na comunidade com medicamentos e material para curativo é esconderijo de Fat Family

Reprodução/Rede Record

A Polícia Civil do Rio realiza, nesta sexta-feira (24), uma operação em busca do traficante Fat Family, resgatado do hospital Souza Aguiar na madrugada de domingo (19), em uma ação que deixou um segurança morto e duas pessoas feridas.

Três pessoas morreram no Complexo da Maré, onde a operação foi realizada, na manhã de hoje. Os agentes que participam das buscas também encontraram o esconderijo do traficante, em uma casa na Nova Holanda (assista ao vídeo abaixo). No local, havia medicamentos. O traficante não foi encontrado.

Diversas delegacias especializadas participam da ação. No início das buscas, houve confronto e além dos mortos, cinco suspeitos foram presos. Armas e drogas também foram apreendidas.

Leia também: presos da facção de Fat Family são transferidos para presídios federais

Na página Maré Vive, no Facebook, moradores relataram os confrontos e disseram que duas pessoas foram mortas com tiros na cabeça e que policiais entraram na casa de moradores e estouraram canos de água.

A Polícia Militar também faz operações para encontrar suspeitos de resgatar o traficante do hospital no último final de semana. Segundo a corporação, 27 batalhões fazem buscas em comunidades da região metropolitana nesta sexta.

Ao menos oito pessoas morreram durante as buscas por suspeitos e pelo traficante Nicolas Labre Pereira de Jesus, o Fat Family, nesta semana. Além dos três mortos no Complexo da Maré, outras cinco pessoas morreram durante confronto na comunidade do Rola na quarta-feira (22).

Últimas