Rio de Janeiro Polícia encontra furto de energia na Prefeitura de Guapimirim (RJ)

Polícia encontra furto de energia na Prefeitura de Guapimirim (RJ)

Ação ocorreu a pedido da empresa Enel e prendeu administrador do prédio. Na sede, funciona o gabinete do prefeito e outras secretarias

  • Rio de Janeiro | Vinícius Andrade, do R7*

Dívida da prefeitura com empresa de energia passa de R$ 4 mi

Dívida da prefeitura com empresa de energia passa de R$ 4 mi

Reprodução

Os policiais civis da DDSD (Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados) encontraram, nesta quinta-feira (9), uma ligação clandestina de eletricidade na sede da Prefeitura Municipal de Guapimirim, na Baixada Fluminense. 

A ação, que ocorreu a pedido da concessionária de energia elétrica Enel, prendeu o administrador do prédio em flagrante pelo crime de furto de energia elétrica.

Leia mais: Alerj cobra explicações da Supervia sobre risco de paralisação dos trens

Na sede da Prefeitura de Guapimirim, funciona o gabinete do prefeito Jocelito Pereira de Oliveira, além de diversas secretarias.

De acordo com dados fornecidos pela Enel, a Prefeitura de Guapimirim possui  débitos de energia elétrica que superam R$ 4 milhões nos últimos 90 dias.

Em nota, empresa declarou que já fez diversas tentativas de negociação, sem sucesso.

Procurada pelo R7, a administração da cidade afirmou que, ao constatar irregularidades nas instalações elétricas, enviou ofícios à Enel que não regularizou a situação. A Prefeitura disse ainda que o funcionário conduzido à delegacia não faz parte da administração do prédio.    

*Estagiário do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas