Rio de Janeiro Polícia Federal fecha três rádios clandestinas na zona oeste do Rio

Polícia Federal fecha três rádios clandestinas na zona oeste do Rio

Rádios piratas funcionavam nos bairros de Bangu, Guaratiba e Campo Grande; equipamentos foram apreendidos

Equipamentos utilizados em uma das rádios

Equipamentos utilizados em uma das rádios

Divulgação/ Polícia Federal

A Polícia Federal, em conjunto com a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), realizou na manhã da última quinta-feira (7), uma operação para o fechamento de rádios piratas localizadas na zona oeste do Rio de Janeiro.

Na primeira rádio, no bairro de Bangu, o proprietário foi conduzido à Superintendência Regional da Polícia Federal, para os procedimentos de praxe, e todo o equipamento foi apreendido.


Já nas outras duas rádios, uma Guaratiba e outra em Campo Grande, foram apreendidos equipamentos e identificados os responsáveis que não se encontravam no local no momento da apreensão.

Durante a ação, todas as três rádios estavam em pleno funcionamento, o que resulta danos e interferência nas comunicações, sobretudo aeronáuticas. O crime de operar rádio pirata está previsto no artigo 183 da Lei 9.472/97, e sua pena pode chegar até quatro anos de detenção, aumentada da metade se houver dano a terceiro, além de multa.

*Estagiário do R7 sob supervisão de PH Rosa

Últimas