Rio de Janeiro Polícia prende 12 suspeitos em galpão usado para falsificar cerveja

Polícia prende 12 suspeitos em galpão usado para falsificar cerveja

Grupo trocava rótulo de bebida mais barata por um de marca mais famosa e fornecia o produto para bailes funk do Complexo da Maré

Galpão era usado para falsificar cervejas na Baixada Fluminense

Galpão era usado para falsificar cervejas na Baixada Fluminense

Divulgação/PMERJ

Uma ação das polícias Civil e Militar prendeu 12 pessoas em um galpão onde bebidas eram falsificadas em Queimados, na Baixada Fluminense. Segundo as investigações, os produtos eram enviados para bailes funk no Complexo da Maré.

De acordo com a Polícia Civil, foi realizada uma vigilância para verificar as movimentações no local, e um caminhão carregado foi visto saindo do galpão. O veículo foi perseguido por parte da equipe de agentes da 21ª DP (Bonsucesso) e do BPVE (Batalhão de Policiamento em Vias Expressas), enquanto outra parte cercou o espaço, solicitando a presença de um representante do grupo. Alguns suspeitos tentaram fugir pulando o muro, mas todos foram detidos por policiais.

O local era usado para trocar o rótulo de cervejas mais baratas pelo de marcas mais caras. As garrafas eram colocadas na água para remoção da etiqueta e da tampa e depois recebiam tampas de outras marcas mais famosas.

Segundo a polícia, o local não tinha condições mínimas de higiene, desrespeitando as condições necessárias para o manuseio de gêneros alimentícios.

Foram apreendidos materiais para a falsificação no galpão, e os suspeitos teriam confessado a participação no esquema, segundo informações da Polícia Civil. Também foi realizada uma perícia no local.

Já o caminhão foi localizado próximo a um depósito de bebidas, e o motorista foi preso junto com o dono do estabelecimento.

Últimas