Rio de Janeiro Prefeitura compra 100 novos BRTs com previsão de entrega para 2023

Prefeitura compra 100 novos BRTs com previsão de entrega para 2023

Nova frota do sistema deve contar com 291 ônibus a partir do ano que vem. Coletivos foram adquiridos por R$ 241 milhões

Nova frota de BRTs deve contar com 291 coletivos a partir de março de 2023

Nova frota de BRTs deve contar com 291 coletivos a partir de março de 2023

Franquilin Teixeira/R7

A Prefeitura do Rio de Janeiro fechou, nesta sexta-feira (27), a compra de novos 100 BRTs para integrarem a frota. A entrega dos ônibus articulados está prevista para março de 2023.

A vencedora da licitação foi a empresa Guanabara Diesel, a única a apresentar proposta no pregão eletrônico. O valor final da venda foi acordado em R$ 241 milhões por dois lotes de coletivos, com 50 veículos cada.

Em abril, a prefeitura havia adquirido 191 novos ônibus, dos quais 120 são articulados. Os 71 restantes são modelos padrão e possuem previsão de chegada para dezembro deste ano. 

A compra dos ônibus faz parte de um projeto de requalificação do BRT, que prevê a aquisição de 572 novos veículos para a substituição gradativa da frota antiga e a expansão do sistema até o ano que vem.

O sistema BRT é alvo de reclamações de usuários diariamente. Os passageiros denunciam, principalmente, a superlotação e a má conservação dos coletivos, que sofrem com incêndios com frequência. 

No fim de fevereiro, o município do Rio reassumiu o controle do sistema após decretar a caducidade do contrato de concessão. De acordo com a prefeitura, a medida foi motivada pelo “descumprimento por parte dos concessionários de obrigações contratuais de prestação de um serviço de transporte público adequado”. Desde então, o BRT é operado pela empresa pública Mobi-Rio.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas