Prefeitura de Niterói intensifica medidas restritivas no município

Ação valerá a partir de segunda (11) e busca aumentar a taxa de isolamento em 70%; quem descumprir a determinação poderá ser multado em R$180

Prefeitura vai reforçar bloqueios em Niterói

Prefeitura vai reforçar bloqueios em Niterói

FÁBIO COSTA/ESTADÃO CONTEÚDO/04.04.2020

A Prefeitura de Niterói vai ampliar as medidas restritivas no município, a partir da próxima segunda-feira (11), e poderá aplicar multa de R$ 180 em quem descumprir a determinação. O objetivo é aumentar a taxa de isolamento social em 70%.

RJ confirma número de mortes por covid-19 maior que SP em 24 horas

O decreto não se aplica nos casos de deslocamento por força de trabalho e ida aos serviços essenciais. Além disso, estabelecimentos como supermercados e farmácias continuarão abertos sem restrições.

Segundo o prefeito Rodrigo Neves, a próxima semana é considerada o período mais crítico para a propagação do novo coronavírus na região metropolitana e a taxa de isolamento da cidade está em 56%.

"Nossas medidas levam em consideração, sobretudo, a realidade da nossa cidade.  O objetivo é retomar o padrão de isolamento da última semana de março, quando estava em 70%. Atualmente, Niterói está em 56%. Precisamos ganhar essa batalha pela vida com menos mortes possíveis", afirmou, em pronunciamento das redes sociais.

Hospital de campanha do Riocentro recebe mais 20 respiradores

Niterói vai reforçar ainda os bloqueios com municípios e testar as pessoas que chegam de outras cidades e encaminhá-las a unidades de saúde, caso apresentem temperaturas acima do normal. As obras que estavam em andamento também foram suspensas.

O prefeito também anunciou a ampliação em 40% dos leitos com respiradores na rede pública e privada do município, até o dia 16 de maio.

Ações para evitar desemprego

A Câmara de Vereadores aprovou o projeto de lei da segunda etapa do programa Empresa Cidadã, que visa o pagamento de um salário mínimo para até nove empregados de empresas, entidades religiosas e organizações sindicais, nos meses de maio, junho e julho. A medida busca evitar o aumento do desemprego e os empregadores devem se comprometer a não reduzir o número de funcionários até outubro.

Uso de máscaras passa a ser obrigatório em transportes no Rio

As empresas com até 40 funcionários serão contempladas nessa fase do projeto e as inscrições serão reabertas na próxima semana.

Medidas anunciadas pela Prefeitura

- Ampliação as ações restritivas e multa no valor de R$ 180, de 11 a 15 de maio, para pessoas que estejam nas ruas, praias e praças públicas, com exceção para o deslocamento por força de trabalho, ida aos serviços essenciais e estabelecimentos autorizados a funcionar.

- De 11 a 15 de maio só estão autorizados a funcionar na cidade, mercados e supermercados, padarias, farmácias, pet shops e postos de combustível.

- Reforço dos bloqueios com municípios limítrofes, que já estão em curso, agora também com a testagem da temperatura daqueles que chegam de outras cidades.

- Suspensão de 11 a 15 de maio das obras que estavam em andamento em todas as regiões da cidade.

- Ampliação, até o dia 16 de maio, em 40% a quantidade de leitos com respiradores na rede pública e privada de Niterói.

Veja a reportagem:

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa