Rio de Janeiro Prefeitura do Rio lança selo de responsabilidade social para causa animal

Prefeitura do Rio lança selo de responsabilidade social para causa animal

Iniciativa tem como objetivo certificar voluntários e empresas que beneficiam projetos da cidade

Prefeitura do Rio lança selo de responsabilidade social para a causa animal

Silvia Jane Crivella, primeira-dama do Rio, entregou primeiro selo

Silvia Jane Crivella, primeira-dama do Rio, entregou primeiro selo

Divulgação

A Subem (Subsecretaria de Bem-Estar Animal) lançou nesta quarta-feira (28), na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, o selo de responsabilidade social para a causa animal, Sou do Bem Animal, que irá certificar e dar visibilidade a  empresas, ONGs e associações que ajudem e contribuam para a causa animal, com trabalho voluntário ou algum tipo de patrocínio na cidade do Rio de Janeiro.

Durante o encontro, a primeira-dama do Rio, Silvia Jane Crivella, foi convidada para fazer a entrega do primeiro selo ao gerente de distribuição da Royal Canin no Rio de Janeiro, Thiago da Mata, pela dedicação da empresa à saúde animal e pela doação de quatro toneladas de ração para o abrigo de animais mantido  pela prefeitura na Fazenda Modelo, na zona oeste do Rio, onde cerca de 900 animais aguardam pela adoção.

Silvia Jane Crivella elogiou a iniciativa. 

— A ideia do selo é  muito boa porque vai incentivar  a todas as pessoas que amam os animais a prestigiarem aqueles que estão apoiando essa iniciativa.  É comovente saber que há tantos animais abandonados, sem ninguém para cuidar deles. Com esse selo,  nós vamos incrementar a castração e o cuidado com os animais.

A subsecretária de Bem-Estar Animal, Suzane Rizzo destacou que, geralmente a população possui mais afinidades por empresas ou pessoas que gostam de animais.

— Desta forma vamos ajudar a dar visibilidade a todos que participam de alguma maneira desta causa tão nobre.

De a acordo com a Subem, a escolha daqueles que irão receber o selo será feita de forma criteriosa, por meio de um conselho consultivo que está sendo criado e será composto por pessoas ilustres e de alta relevância para a causa animal. Entre eles estão representantes do Judiciário, Legislativo, Executivo, Conselho Regional de Medicina Veterinária, médicos veterinários conceituados, associações ligadas a medicina veterinária, ONGs renomadas e protetores atuantes.