Rio de Janeiro Prefeitura do Rio realiza ações de infraestrutura na Rocinha

Prefeitura do Rio realiza ações de infraestrutura na Rocinha

De acordo governo municipal, obras de contenção de encostas e recuperação de fachadas estão sendo realizadas desde o início do mês

Obras na rocinha

Rocinha recebe obras de urbanismo

Rocinha recebe obras de urbanismo

Rommel Pinto - 09/10/2017 - Agência O Dia

Uma série de ações estão sendo realizadas na favela da Rocinha, zona sul do Rio de Janeiro, pela prefeitura. Segundo o governo municipal, uma das medidas são obras da Geo-Rio, que tem o objetivo de eliminar riscos de queda de encostas nas áreas conhecidas como Dioneia e Laboriaux. Nesses pontos estão sendo instaladas cortinas ancoradas, canaletas de drenagem pluvial e revestimento com concreto projetado.

De acordo com a prefeitura, o investimento na contenção de encostas é de cerca de R$ 4 milhões e as obras têm previsão de término em abril.

Também são realizadas na comunidade obras para a recuperação de fachadas e instalações das escolas municipais Adré Urani e Francisco de Paulo Brito, da creche municipal Castelinho e do Ciep Bento Rubião. Até o final de março, segundo o governo, o trabalho deve ser concluído, com investimento de R$ 3 milhões.

Outro serviço anunciado pela prefeitura, realizado pela Secretaria Municipal de Urbanismo, Infraestrutura e Habitação é a recuperação de fachadas de casas atingidas por tiros dentro da favela. Outras 150 casas que estão de frente para a autoestrada Lagoa-Barra também estão passando pelo procedimento.

A prefeitura também informou que cadastrou 700 famílias numa ação da Subsecretaria de Habitação com a Secretaria de Saúde para que suas casas tenham janelas abertas e basculantes instalados para a circulação de ar, com o objetivo de reduzir a incidência de tuberculose.

Unidades do Minha Casa, Minha Vida também serão instaladas em dois terrenos na comunidade. Segundo a prefeitura, as moradias serão destinadas para moradores que vivem em áreas de risco.

A Rio-Águas também implanta 360 metros de grade de proteção no canal da comunidade. O serviço deve durar quatro meses, e nesse período também deve ser realizada a manutenção do canal e a remoção do lixo da caixa de retenção que fica no Centro Esportivo da Rocinha.

Segundo a prefeitura, a subsecretaria de Meio Ambiente vai implantar esse ano o Mutirão Reflorestamento, que deve plantar 28 mil mudas de árvores nativas da Mata Atlântica.

Outros serviços que estão sendo realizados são: recuperação de meio fio, nivelamento de bueiros na estrada da Gávea, recuperação de galeria pluvial, limpeza de caixas de ralo, nivelamento de grelhas, substituição de tampas de bueiros.

    Access log