Rio de Janeiro Preso médico que fez procedimento estético na casa de ex-passista no RJ

Preso médico que fez procedimento estético na casa de ex-passista no RJ

Erica Cristina Santos Pereira, de 41 anos, morreu no último sábado (12) após apresentar complicações decorrentes de intervenções cirúrgicas

  • Rio de Janeiro | Isabela Afonso, do R7*

O médico responsável pelo procedimento estético que pode ter causado a morte da ex-passista da Grande Rio, Erica Cristina Santos Pereira, de 41 anos, foi preso na tarde desta quarta-feira (16).

Erica fez procedimento em casa

Erica fez procedimento em casa

Reprodução/Record TV Rio

Segundo a polícia, o suspeito foi capturado em Caxias, na Baixada Fluminense, quando se preparava para realizar outra cirurgia. Ele deve responder pelos crimes de homicídio doloso (quando há intenção de matar), crime contra o consumidor e estelionato. 

Erica morreu no último sábado (12), após passar por uma intervenção cirúrgica na própria casa em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

De acordo com as investigações, o suspeito tem 34 anotações criminais, entre elas três óbitos, inclusive de uma criança.

Em entrevista à Record TV Rio, o delegado André Neves, da Decon (Delegacia do Consumidor), disse que o médico também já foi preso em flagrante outras duas vezes e estava com o registro cassado no CRM (Conselho Regional de Medicina) desde 2008.

Érica chegou a ser socorrida no Hospital Municipal Moacyr do Carmo, na mesma região, mas não resistiu.

Material utilizado em procedimentos foi apreendido

Material utilizado em procedimentos foi apreendido

Divulgação / Polícia Civil

A causa da morte, segundo a unidade de saúde, foi choque séptico em decorrência das complicações. Ela também teria desenvolvido uma infecção bacteriana grave.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas