grevecaminhoes
Rio de Janeiro PRF manda retirar caminhões de acostamento em frente à Reduc

PRF manda retirar caminhões de acostamento em frente à Reduc

Multa média poderá ser aplicada aos motoristas que desrespeitaram ordem dos agentes na manhã deste sábado (26)

Grupo de manifestantes se concentra na Reduc

Grupo de manifestantes se concentra na Reduc

Daniel Castelo Branco/Agência O Dia/ 26.05.2018

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) determinou aos caminhoneiros que estão parados no acostamento da BR-040, em frente à Reduc (Refinaria Duque de Caxias), que retirem os caminhões. A ordem foi dada no fim da manhã deste sábado  (26).

Além de ser uma infração de trânsito, a medida, definida ontem pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes, também proíbe a ocupação do acostamento pelos caminhoneiros.

Segundo um dos agentes da PRF responsável pela operação na Reduc, se o motorista não retirar o caminhão após a ordem, poderá ser multado, com infração média.

Os grevistas continuam mobilizados em frente à Reduc e também em frente a uma distribuidora da Shell, que fica ao lado. Eles deixam passar carros, mas param caminhões. Só caminhões-tanques que vão para órgãos públicos essenciais podem passar.

O motorista João Paulo Silveira, que tem uma pequena empresa de cinco caminhões, com guincho para cargas pesadas, disse que já precisou demitir dois empregados e vender um dos caminhões para pagar as contas.
"Até agora não conseguimos o que queríamos. Há só promessas, mas depois volta tudo como era antes. Tem que reduzir o preço permanentemente, não só por 30 dias", disse João. "Antes, eu tirava líquido R$ 20 mil por mês. Agora só consigo R$ 5 mil", completou.