Primeiro paciente grave de covid-19 do Rio recebe alta

Ex-vereador Édison Regio de Moraes, de 65 anos, estava internado desde 13 de março no Hospital Quinta D'Or com disfunções respiratória e renal

Ex-vereador foi o primeiro paciente grave do Rio

Ex-vereador foi o primeiro paciente grave do Rio

Reprodução/Câmara Municipal do Rio

A direção do hospital Quinta D’Or, na zona norte, informou que o primeiro paciente a desenvolver a forma grave da covid-19 no Rio de Janeiro recebeu alta neste sábado (18). O paciente é Édison Regio de Moraes Souza, de 65 anos, que já foi vereador da capital, conhecido como Edson da Creatinina.

Rio abre mais 16 leitos em hospital para tratamento da covid-19

Segundo o hospital, Édison deu entrada na unidade no dia 13 de março, com quadro de disfunções respiratória e renal. Ele ficou mais de um mês internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) com suporte de respirador e passando por hemodiálise.

O paciente foi apresentando melhora “discreta”, o que permitiu a redução da sedação e, em seguida, a transição para a respiração espontânea.

Ainda de acordo com o hospital, Édison volta para casa, mas será acompanhado por seu médico assistente. O diretor da unidade, Odilon de Carvalho, disse em nota que a melhora do paciente motiva a equipe a continuar o trabalho.