Rio de Janeiro Procon-RJ autua empresa que administra linha Amarela

Procon-RJ autua empresa que administra linha Amarela

Empresa foi notificada por não oferecer pagamento por meio de crédito e débito aos motoristas, descumprindo legislação estadual

A concessionária que administra a Linha Amarela, que liga as zonas norte e oeste no Rio, foi autuada pelo Procon-RJ, nesta segunda-feira (31), por não oferecer pagamento nas opções de débito ou crédito aos motoristas que trafegam pela via expressa, desrespeitando a legislação estadual.

Agentes fiscalizaram pedágio da linha Amarela

Agentes fiscalizaram pedágio da linha Amarela

Divulgação/Procon-RJ

O Procon-RJ realizou a operação a pedido da Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro) e constatou que a empresa descumpre a legislação, pois em nenhuma das praças de pedágio estas modalidades de pagamento são aceitas.

“A rodovia é uma das principais vias expressas do Rio de Janeiro, atendendo a inúmeros consumidores diariamente. Aceitar o cartão de crédito e débito como forma de pagamento é o que determina a lei estadual, além de ser uma comodidade para o cidadão”, disse o presidente do Procon-RJ, Cássio Coelho.

A empresa tem 15 dias para apresentar defesa. Procurada pelo R7, a Lamsa disse que, por ser estadual, a lei não se aplica à via de concessão municipal, mas que estuda implementar as formas de pagamento. 

Últimas