Rio de Janeiro Projeto da UFRJ para criar “Vale do Silício” no RJ é selecionado nos EUA

Projeto da UFRJ para criar “Vale do Silício” no RJ é selecionado nos EUA

Ideia tem como objetivo estimular a criação de startups focadas nos setores de energia e sustentabilidade e atrair novos investimentos para o estado

  • Rio de Janeiro | Ana Beatriz Araújo, do R7*

Projeto da UFRJ foi selecionado por programa dos EUA

Projeto da UFRJ foi selecionado por programa dos EUA

Divulgação/ UFRJ

Um projeto da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), com apoio da Furnas, que busca transformar o Rio de Janeiro em “Vale do Silício” foi selecionado pelo Programa de Aceleração de Startups do MIT (Massachusetts Institute of Technology), nos Estados Unidos.

Com investimento de R$3,2 milhões, a ideia é estimular a criação e o desenvolvimento de startups focadas nos setores de energia e sustentabilidade. A tecnologia usada será a do instituto estadunidense.

"A nossa participação no projeto selecionado pelo MIT REAP vai ao encontro da atuação da empresa no sentido de adotar iniciativas de inovação com o objetivo de desenvolver novos produtos, otimizar procedimentos e reduzir custos.", declarou o presidente interino e diretor de administração de Furnas, Pedro Brito.

Idosos são baleados após entrar em comunidade por engano no RJ

A Furnas vai contribuir com um valor de R$ 1,3 milhão e o restante será aplicado por empresas do setor de energia e pela União. A expectativa é atrair novos investimentos para o Estado do Rio.

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas