Novo Coronavírus

Rio de Janeiro Rio de Janeiro confirma primeira morte pelo novo coronavírus

Rio de Janeiro confirma primeira morte pelo novo coronavírus

Idosa, de 63 anos, apresentava quadros de diabetes e hipertensão e teve contato com caso confirmado da Covid-19 que viajou ao exterior

  • Rio de Janeiro | Lucas Ferreira, do R7*

Paciente teve contato com caso confirmado do exterior

Paciente teve contato com caso confirmado do exterior

Reprodução/Record TV Rio

A SES-RJ (Secretaria Estadual de Saúde) confirmou na manhã desta quinta-feira (19) a primeira morte pelo novo coronavírus no Estado do Rio de Janeiro. Uma idosa, de 63 anos, com comorbidades, faleceu em um hospital de Miguel Pereira, no sul fluminense, na última terça-feira (17). Esta é a quinta morte confirmada causada pela Covid-19 no Brasil, sendo as outras quatro em SP.

Rio: campanha de vacinação contra gripe terá drive thru para idosos

De acordo com a SES-RJ, a primeira vítima do novo coronavírus no Rio tinha diabetes e hipertensão, quadros que também colocavam a mulher no grupo de risco da doença. Ela pode ter contraído a Covid-19 de um paciente confirmado que viajou ao exterior.

Com o resultado do exame positivo para o novo coronavírus, a idosa entra nas estatísticas oficiais da SES-RJ. O Rio de Janeiro agora tem 64 casos confirmados, sendo 55 na capital, seis em Niterói, um em Barra Mansa, um em Miguel Pereira e um em Guapimirim.

Um segundo caso de morte causado pela Covid-19, desta vez em Niterói, na região metropolitana, também está sendo investigado pela SES-RJ. Apesar da secretaria não confirmar a ligação entre o óbito e a doença, órgãos municipais informaram que o primeiro teste do paciente deu positivo para o novo coronavírus.

Assim como a vítima de Miguel Pereira, o paciente de Niterói teve contato com pessoas que testaram positivo e estiveram no exterior poucos dias antes. A vítima da região metropolitana também era idosa e apresentava comorbidades.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas