Rio de Janeiro Rio: PM é morto durante ataque a tiros na Linha Vermelha

Rio: PM é morto durante ataque a tiros na Linha Vermelha

O policial morto foi identificado como Haron Coelho Ferreira; ele tinha 29 anos e estava na corporação desde 2011

  • Rio de Janeiro | Rafael Nascimento, do R7 *

Resumindo a Notícia

  • Um ataque à base da PM na Linha Vermelha, deixou um PM morto e outro ferido
  • Haron Coelho Ferreira tinha 29 anos; ele deixa esposa e filha
  • As marcas de tiros de fuzil e pistola na viatura mostram a intensidade da ação
  • O policial sobrevivente apresenta estado estável

Um policial militar morreu e outro ficou gravemente ferido após ataque à base da PM localizada na Linha Vermelha, na altura de São Cristóvão, zona norte do Rio, na madrugada desta quinta-feira (14). A base fica a poucos metros da alça de acesso à ponte Rio-Niterói.

Marcas de tiros de fuzil e pistola na viatura mostram a intensidade da ação

Marcas de tiros de fuzil e pistola na viatura mostram a intensidade da ação

Divulgação/ Polícia Militar

Equipes da Polícia Militar foram acionadas até o local por volta das 2h. Os dois policiais alvejados, que faziam parte do Batalhão de Policiamento em Vias Expressas, estavam dentro do veículo da polícia e faziam patrulhamento da região durante o ataque.

Segundo a polícia, o agente sobrevivente foi levado para o Hospital da Corporação, no Estácio, centro do Rio. O policial ferido segue internado e apresenta estado estável.

A DHC (Delegacia de Homicídios da Capital) foi acionada e as investigações estão em andamento. Agentes realizam diligências para esclarecer a autoria do crime. Ainda não se sabe se os criminosos desembarcaram de um carro ou passaram atirando na viatura.

A Secretaria de Estado de Polícia Militar lamentou a morte do cabo Haron Coelho Ferreira. Ele tinha 29 anos e estava na corporação desde 2011. Haron deixa esposa e uma filha. 

* Estagiário do R7 sob supervisão de PH Rosa

Últimas