Rio de Janeiro Rio: Polícia fecha central de telemarketing usada por agiotas

Rio: Polícia fecha central de telemarketing usada por agiotas

Integrante de suposta quadrilha foi preso em São Gonçalo; imóvel em São Cristóvão era usado para cobrar vítimas, segundo a polícia

Celulares e tablets eram usados para cobrar vítimas

Celulares e tablets eram usados para cobrar vítimas

Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil fechou uma central de telemarketing utilizada por agiotas em São Cristóvão, na zona norte do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (1º). Um homem suspeito de extorsão foi preso em casa, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio.

Agentes da 12ª DP (Copacabana) foram até o imóvel para cumprir um mandado de busca de apreensão, referente à investigação sobre suspeita de extorsão. No local, encontraram telefones e tablets que eram usados pelos criminosos para cobrarem as vítimas. Não havia ninguém no local.

Na central, também havia anotações de contabilidade do grupo, por meio das quais os policiais estimaram que os agiotas lucrariam cerca de R$ 100 mil por mês.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas