Rio de Janeiro Rio: Polícia prende seis pessoas e apreende R$ 1,2 mi em operação

Rio: Polícia prende seis pessoas e apreende R$ 1,2 mi em operação

De acordo com agentes, parte do material recuperado são celulares desviados no Galeão e vendidos com valores 50% abaixo do preço do mercado legal

  • Rio de Janeiro | Lucas Ferreira, do R7*, com Record TV Rio

Polícia apreendeu eletrônicos e dinheiro em espécie

Polícia apreendeu eletrônicos e dinheiro em espécie

Reprodução/Record TV Rio

A Polícia Civil prendeu na manhã desta sexta-feira (2) seis pessoas e apreendeu R$ 1,2 milhões em equipamentos eletrônicos, na Uruguaiana, região de comércio no centro do Rio de Janeiro. De acordo com os agentes da delegacia responsável pela ação, parte do material era desviado do setor de cargas do aeroporto internacional do Galeão, na Ilha do Governador, na zona norte da cidade.

Armados com fuzil, homens fazem arrastão em trem no Rio; veja vídeo

Os agentes da Dairj (Delegacia do Aeroporto Internacional RioGaleão) iniciaram as investigações há três meses após um roubo de carga no próprio aeroporto. Embora tenha sido o ponta pé para a operação Uruguaiana, o inquérito revela que celulares roubados por toda a cidade também eram vendidos no mercado popular do centro.

Os aparelhos chegavam a ser vendidos por R$ 3.500 em alguns boxes da Uruguaiana, valor cerca de 50% menor ao comercializado de forma legal em shoppings do Rio.

Segundo o delegado responsável pela operação, Adriana França, é deve da população não comprar este tipo de aparelho, desta forma não incentivando e financiando este mercado.

“A sociedade tem que se conscientizar, ela participa dessa cadeia criminosa adquirindo um telefone de origem duvidosa. E ali é um local sabidamente onde acontecem negociações excusas até pelo preço baixo do aparelho.”

Dentista é preso no Rio suspeito de molestar paciente de 16 anos

Segundo a Polícia Civil, foram apreendidos R$ 54 mil em espécie durante a operação, sendo R$ 40 mil destes em apenas um box do mercado popular.

*Estagiário do R7, sob supervisão PH Rosa

Últimas