Coronavírus

Rio de Janeiro Rio projeta fim de restrições, mas condiciona a vacinação

Rio projeta fim de restrições, mas condiciona a vacinação

Plano de retomada prevê flexibilização em três fases; Prefeitura conta com envio de doses e avanço na vacinação de jovens adultos

Prefeitura do Rio acelera vacinação para jovens

Prefeitura do Rio acelera vacinação para jovens

Arquivo/Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio de Janeiro anunciou o início da flexibilização de medidas restritivas a partir de setembro. De acordo com progressão, estabelecimentos podem receber público sem restrições em novembro. 

Para isso, planejamento conta que 91% de adultos estejam imunizados contra a covid-19, com pelo menos uma dose, até setembro. No mesmo período, 54% deste público deve estar com o esquema vacinal completo.

A partir da próxima semana, a administração municipal iniciará uma campanha acelerada. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, é importante que pessoas de 33 anos ou mais compareçam aos postos de saúde para a repescagem na tarde desta sexta-feira (30) e sábado (31). Esta será a última repescagem em duas semanas e meia.  

Dados

Atualmente, a cidade registra 182. 505 casos de contaminação em 2021. Destes, 31.838 foram graves, com taxa de letalidade em 6,2%. Entretanto, os dados divulgados no 30º Boletim Epidemiológico do coronavírus apontam sequência de queda dos óbitos ao longo das últimas semanas. 

Até a última quarta-feira (28), 73,8% população adulta já havia recebido a 1ª dose da vacina contra o vírus. Ainda de acordo com o relatório semanal, foram aplicadas 3.759.601 primeiras doses, em comparação a 3.641.320 na semana passada.

Na faixa de 30 a 39 anos, 60,1% das pessoas já recebeu a 1ª dose

Próxima fase da vacinação

Na coletiva de imprensa, o secretário Especial da Juventude Carioca, Salvino Oliveira, ressaltou a importância da população jovem adulta respeitar o calendário de imunização. 

A nova fase de vacinação contra a covid-19 deve imunizar maiores de 18 anos até dia 18 de agosto. O secretário Municial de Saúde, Daniel Soranz, afirmou que o prosseguimento do calendário depende do abastecimento de doses pelo Ministério da Saúde. 

População jovem adulta será imunizada em agosto. Pessoas com 18 anos receberão vacina em 18/08

População jovem adulta será imunizada em agosto. Pessoas com 18 anos receberão vacina em 18/08

Divulgação/Prefeitura do Rio

O público-alvo é o mais afetado pela variante Delta, com 75% dos 33 casos registrados. Todos os pacientes infectados foram curados. 

Esta semana foi a maior com número de regiões administrativas em risco moderado (12, no total). São 21 regiões da cidade com risco considerado alto.

Restrições no Rio

A flexibilização de medidas restritivas deve acontecer apenas a partir do dia 2 de setembro, considerando a vacinação dos maiores de idade. Segundo a Prefeitura do Rio, a plano "Rio de Novo" deve pôr fins às restrições em três fases:

Restrições podem terminar até novembro

Restrições podem terminar até novembro

Tomaz Silva/Agência Brasil

Primeira fase (2 de setembro): liberação de eventos em ambientes abertos, com uso de máscara e álcool em gel; liberação de público com esquema vacinal completo em estádios, boates, shows e festas em local fechado com metade da capacidade.

Segunda fase (17 de outubro): público com esquema vacinal completo em estádios, boates, shows e festas em local fechado com 100% da capacidade.

Terceira fase (15 de novembro): uso obrigatório da máscara apenas no transporte público e estabelecimentos de saúde; livre circulação, sem restrição de capacidade e distanciamento.

Pelas redes sociais, o prefeito Eduardo Paes comentou sobre flexibilizações. "Planejamento e abertura gradual. Tudo dependerá de nossas atitudes ao longo dos próximos meses. As regras são claras e estaremos de olho para seu cumprimento", apontou Paes. 

Já Daniel Soranz afirmou que as liberações precisam ser feitas apenas depois de alguns critérios melhorados, sobretudo a alta cobertura vacinação contra covid-19.

"Vivemos um momento exatamente difícil e é necessário ter esperança e planejar como sairemos dele. Estamos trabalhando intensamente para vacinar o mais rápido possível!", explicou o secretário Municipal da Saúde. 

PaqueTá Vacinada

No último domingo (25), 302 adolescentes entre 12 a 17 anos de idade foram vacinados com Pfizer, na Ilha de Paquetá, no nordeste da Baía de Guanabara. Isto representa mais de 90% dos jovens residentes da Ilha.

A 2ª dose será aplicada no dia 15 de agosto para todos os moradores, incluindo os adolescentes.

Vacinação na Maré

Ontem (29), a SMS, em parceria com a Fiocruz e o Ministério da Saúde, aplicou 10.255 doses para jovens de 25 a 33 anos no Complexo da Maré. Isto representa 33% da população-alvo (18 a 33 anos) vacinada. 

A campanha especial na comunidade continua até o dia 4 de agosto, segundo o calendário:

29/07 - 25 a 33 anos
30/07 - 18 a 24 anos
31/07 a 4/08- 18 ou mais (repescagem)

Segundo a Prefeitura, 130 postos de vacinação, distribuídos em 30 locais, fazem parte da iniciativa, além de sete unidades de atenção primária, 17 escolas, cinco associações de moradores e Vila Olímpica.

São mais de 400 profissionais da saúde, 490 voluntários e 35 mil doses da AstraZeneca disponibilizadas para esta cobertura vacinal. Os moradores da Maré poderão ir aos locais entre 08h e 17h.

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas