Rio usará dados de telefonia para detectar aglomerações

Em parceria com a Tim, prefeitura do Rio receberá informações sobre o deslocamento da população 

Projeto tem como objetivo monitoras possíveis aglomerações

Projeto tem como objetivo monitoras possíveis aglomerações

Record TV

Em meio à pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura do Rio contará com o apoio da tecnologia para detectar aglomerações em espaços públicos. O isolamento social é uma das principais medidas para conter o avanço da covid-19 no Estado, onde há registro de seis mortes provocadas pela doença.

RJ vai promover aulas online para alunos da rede pública estadual

Após fechar uma parceria com a operadora TIM, a prefeitura deverá receber informações sobre o deslocamento da população, que vão permitir rastrear as concentrações e movimentos de pessoas nos territórios afetados pela pandemia.

A ideia é coletar os dados por meio de sinais fornecidos pelas antenas da operadora espalhadas pela cidade. A partir destes números, "mapas de calor" serão traçados com base na concentração de usuários por localidade em determinado momento.

A empresa informou que o acesso às informações permitirá que os órgãos públicos analisem se as pessoas estão respeitando o isolamento social, além de  perceber se um bairro ou uma região específica registrou aumento populacional.