Rio de Janeiro Rio vacina pessoas com 52 anos e grávidas com comorbidades

Rio vacina pessoas com 52 anos e grávidas com comorbidades

Também nesta terça (15), puérperas com comorbidades podem receber a primeira dose do imunizante da Pfizer contra covid-19

Grávidas e puérperas com comorbidades estão na lista

Grávidas e puérperas com comorbidades estão na lista

Divulgação/Prefeitura do Rio

  O município do Rio de Janeiro vacina, nesta terça-feira (15), pessoas com 52 anos ou mais contra a covid-19.

Pela manhã, de 9 às 13h, o atendimento é voltado às mulheres. À tarde, os homens devem ir aos locais de vacinação das 13 às 17h.

Grávidas e puérperas com comorbidades e com 18 anos ou mais voltam a ser vacinadas, recebendo doses do imunizante da Pfizer, conforme orientação do Ministério da Saúde. O grupo será atendido nesta terça e na quinta (17).

Para se vacinar, é necessário levar documento de identificação original com foto, número do CPF e, se possível, a carteira de vacinação. Quem for receber a segunda dose do imunizante deve levar, ainda, o comprovante da primeira dose.

Mulheres grávidas e puérperas devem apresentar, ainda, laudo médico detalhado justificando a recomendação e avaliação da relação risco-benefício para a vacinação, além da assinatura do termo de consentimento.

Nesta segunda (14), o prefeito Eduardo Paes anunciou que o Espaço Hall, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, não será mais utilizado como posto de vacinação. O motivo foi a realização de festas irregulares no estabelecimento, desrespeitando o decreto de medidas restritivas contra a covid-19 que está em vigor na cidade.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas