Rio de Janeiro Rio vacina pessoas de 18 a 24 anos de grupos prioritários neste sábado

Rio vacina pessoas de 18 a 24 anos de grupos prioritários neste sábado

A partir da próxima semana, começa o atendimento do público em geral, com escalonamento etário

Rio termina vacinação de prioritários neste sábado (29)

Rio termina vacinação de prioritários neste sábado (29)

Divulgação/Prefeitura do Rio

Pessoas entre 18 e 24 anos incluídas nos grupos prioritários de vacinação contra a covid-19 recebem a primeira dose do imunizante neste sábado (29) no município do Rio de Janeiro.

Também hoje podem buscar os postos de vacinação pessoas acima dos 18 anos com síndrome de Down e doença renal crônica em diálise. 

Prioritários

Neste sábado, a Prefeitura do Rio vai concluir a aplicação da primeira dose do imunizante contra covid-19 em pessoas dos grupos prioritários. A partir da próxima semana, começa o atendimento do público em geral, com escalonamento etário. Na segunda (31), será a vez de mulheres com 59 anos se vacinarem. 

Os grupos prioritários incluem pessoas com comorbidades ou deficiência permanente, trabalhadores da saúde e guardas municipais envolvidos diretamente em ações de combate à covid-19 ou de vigilância das medidas de distanciamento social que estejam em contato direto e constante com o público.

Entre as comorbidades incluídas no PNI (Programa Nacional de Imunizações), estão diabetes, hipertensão grave, doença pulmonar obstrutiva crônica, doença renal, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, câncer e obesidade grave, entre outras.

Para se vacinar, é necessário apresentar as três últimas prescrições, receitas, atestados ou recomendação médica que comprovem a comorbidade.

As deficiências permanentes incluem deficiência física, auditiva, intelectual, psicossocial (mental), visual, múltipla (associação de duas ou mais deficiências) e transtorno do espectro autista.

A comprovação da deficiência permanente deve ser feita por laudo que indique a deficiência, cartões de gratuidade no transporte público, documentos de atendimento em centros de reabilitação ou unidades especializadas no atendimento de pessoas com deficiência, documento oficial de identidade com a indicação da deficiência; ou qualquer outro documento que indique se tratar de uma pessoa com deficiência.

A categoria de trabalhadores da saúde é referente aos que atuam em estabelecimentos de serviços de saúde, como hospitais, clínicas, ambulatórios, unidades de Atenção Primária à Saúde, laboratórios, farmácias, drogarias e outros locais. Além disso, a vacinação também contempla trabalhadores de apoio, como seguranças, trabalhadores da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias, gestores e outros.

Grávidas e puérperas

Na nova etapa da vacinação contra covid-19, que começa na semana que vem, gestantes e puérperas com comorbidades, acima de 18 anos, poderão se vacinar na terça-feira (1º), das 13h às 17h, e quarta-feira (2), das 8h às 17h.  É necessário levar laudo médico e termo de esclarecimento assinado. 

Trabalhadores da Educação

Na segunda-feira (31), o Rio retoma o calendário de vacinação para trabalhadores da educação das redes pública e privada do município, com o atendimento de profissionais com 45 anos. 

Últimas