Novo Coronavírus

Rio de Janeiro Rio vai suspender vacinação na quarta-feira por falta de doses

Rio vai suspender vacinação na quarta-feira por falta de doses

Nova leva do imunizante deve chegar semana que vem e  vacinação deve ser retomada na próxima segunda-feira (22)

  • Rio de Janeiro | Do R7, com informações da Agência Brasil

Resumindo a Notícia

  • Rio de Janeiro vai interromper vacinação na quarta-feira, diz prefeito
  • Segundo Eduardo Paes (DEM), motivo é a falta de doses dos imunizantes
  • Calendário prevê vacinação de pessoas acima de 80 anos até o fim da próxima semana
  • Nova leva de imunizantes deve chegar na semana que vem

A cidade do Rio de Janeiro interromperá a vacinação da população carioca nesta quarta-feira (17). Como foi antecipado pela Prefeitura, a vacinação na capital fluminense deve ser retomada na semana que vem, a partir da próxima segunda-feira (22).

Rio de Janeiro vai interromper vacinação na quarta-feira por falta de doses

Rio de Janeiro vai interromper vacinação na quarta-feira por falta de doses

Tânia Rego/ Agência Brasil/ 05.02.2021

Para manter o calendário de vacinação já anunciado, que prevê a vacinação de pessoas com 80 anos ou mais até o fim da próxima semana e de pessoas com 75 anos ou mais na última semana de fevereiro, será preciso receber novas doses.

 O anúncio foi feito em postagem nas redes sociais pelo prefeito Eduardo Paes (DEM-RJ), nesta segunda-feira (15). 

“Recebi a notícia de que não chegaram novas doses. Teremos que interromper amanhã a nossa campanha. Hoje vacinamos pessoas de 84 anos e, amanhã, de 83. Estamos prontos e já vacinamos 244.852. Só precisamos que a vacina chegue. Nova leva deve chegar do Butantan na próxima semana”, afirmou Paes.

Leia mais: Conheça o cronograma da vacinação de idosos nos Estados

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, são necessárias 36 horas para garantir a distribuição dos imunizantes aos postos de saúde de sua rede.

“A expectativa é que a gente possa manter nosso calendário, se a gente receber mais doses do Ministério da Saúde. A gente está aguardando essa definição, para saber como proceder ao longo da próxima semana”, disse o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz.

O Rio já deu a primeira dose da vacina a profissionais de saúde da linha de frente e com mais de 60 anos de idade, idosos em abrigos, quilombolas, indígenas e idosos com 85 anos ou mais. Para essas pessoas, a segunda dose está garantida.

“Hoje o Rio de Janeiro encerra a vacinação de todas as pessoas com 85 anos ou mais. Na semana que vem, a gente inicia a vacinação com a segunda dose da vacina CoronaVac/Butantan”, disse Soranz.

Até a noite de ontem (14), 240,5 mil pessoas já tinham recebido a primeira dose.

Últimas