Novo Coronavírus

Rio de Janeiro RJ: Após buscar atendimento, mulher com covid-19 morre em casa

RJ: Após buscar atendimento, mulher com covid-19 morre em casa

Patrícia Lima estava há mais de 15 dias com coronavírus e tinha procurado duas vezes socorro na UPA de Seropédica, na Baixada Fluminense

  • Rio de Janeiro | Vinícius Andrade, do R7*

Patrícia Lima foi na UPA duas vezes

Patrícia Lima foi na UPA duas vezes

Reprodução

Uma mulher de 47 anos , diagnosticada com covid-19,  morreu em casa, após ser liberada por médicos da UPA Seropédica, na Baixa Fluminense do Rio, na última sexta-feira (22).

Leia também: Estado do Rio passa de 4 mil mortes por coronavírus

Em conversa com o R7, Matheus Lima, afilhado de Patrícia Lima, disse que a tia estava há mais de 15 dias com coronavírus e tinha buscado atendimento duas vezes na unidade:

"Todas as vezes que ela procurou por socorro na UPA de Seropédica, eles falavam que não tinha muito o que fazer. Minha madrinha morreu dias depois tomando banho", afirmou Matheus.

Em um áudio disponibilizado pelo afilhado, a mulher relata que os médicos nem a orientaram para ficar em isolamento social, recomendação feita pela SES (Secretária Estadual de Saúde).

"Não falaram nada, nem que era para ficar de quarentena. Só me medicaram e mandaram embora", relata Patrícia quatro dias antes de morrer. 

Por telefone, a direção da UPA disse que o caso está sendo apurado.

De acordo com a SES, Seropédica já registrou quatro óbitos com covid-19 e tem 159 pessoas infectadas com a doença.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas