Rio de Janeiro RJ autoriza Pfizer como 2ª dose para quem recebeu AstraZeneca

RJ autoriza Pfizer como 2ª dose para quem recebeu AstraZeneca

Nota técnica orienta intercambialidade de vacinas apenas em municípios sem estoque do imunizante da Oxford

Estado entrega nesta terça (17) 29 mil doses da AstraZeneca

Estado entrega nesta terça (17) 29 mil doses da AstraZeneca

Dado Ruvic/Reuters

A SES-RJ (Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro) publicou nesta segunda-feira (16), uma nota técnica autorizando a intercambialidade de vacinas caso o Estado do Rio não receba doses do imunizante Oxford/AstraZeneca em quantidade suficiente para completar o esquema vacinal de quem já recebeu a primeira dose. Nesse caso, essas pessoas poderão receber a segunda dose com o imunizante da Pfizer.

A SES reforça que a intercambialidade do imunizante só deve ser realizada pelos municípios caso ocorra de fato a falta da vacina Oxford/AstraZeneca. A decisão foi tomada em conjunto com a equipe de especialistas do Conselho de Análise Epidemiológica que assessora a Vigilância Estadual.

Nesta terça-feira (17), a SES prevê a entrega de 237.260 doses de imunizantes contra a covid-19 para os 92 municípios do Estado. Desse total, 208.260 doses são de vacinas da Pfizer para primeira aplicação e 29 mil da Oxford/AstraZeneca para segunda dose.

Vacinação na capital fluminense

A cidade do Rio deve concluir a vacinação de toda a população com 18 anos ou mais até a próxima sexta-feira (20). A SMS (Secretaria Municipal de Saúde) divulgou o calendário em suas redes sociais. Nesta terça-feira (17), estão sendo vacinados jovens de 21 anos.

A SMS informou ainda que idosos da Ilha de Paquetá receberão uma terceira dose de vacina contra a covid-19 ainda no mês de agosto. No reforço, serão utilizados os imunizantes AstraZeneca e Pfizer.

*Estagiário do R7 sob supervisão de Paulo Guilherme

Últimas