Rio de Janeiro RJ: Comitê recomenda suspensão de eventos que gerem aglomeração

RJ: Comitê recomenda suspensão de eventos que gerem aglomeração

Integrante do conselho científico, Roberto Medronho, afirmou que orientação vale para ambientes abertos ou fechados

  • Rio de Janeiro | Do R7, com Record TV Rio

Carnaval de rua deve ser suspenso no estado do Rio

Carnaval de rua deve ser suspenso no estado do Rio

Walter Mesquita / Riotur

O Comitê Científico do Rio de Janeiro recomendou, nesta sexta-feira (7), ao governo estadual a suspensão de eventos que gerem aglomerações em ambientes abertos ou fechados em função da disparada do número de casos de Covid-19 - a taxa de positividade dos testes saltou de 1,4%, no fim de dezembro, para mais de 20% nos primeiros dias de janeiro.

Em entrevista ao Cidade Alerta RJ, o infectologista e epidemiologista da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) Roberto Medronho, que é integrante do conselho, afirmou que a orientação considera o atual cenário, especialmente após a disseminação da variante Ômicron.

"O comitê científico não deliberou especificamente sobre o carnaval da Sapucaí, até porque não é da governabilidade do estado. Nós recomendamos que todos os eventos que provoquem aglomeração, sejam em ambientes abertos ou fechados, devam ser suspensos em função dessa nova onda pandêmica. É uma variante bastante infecciosa, que está se reproduzindo de forma muito rápida, e isso traz uma preocupação muito grande em função do provável  impacto que terá nos leitos hospitalares, na assistência de saúde, inclusive em relação aos profissionais de saúde, porque em alguns lugares já estamos tendo profissionais de saúde adoecendo e, portanto, vão faltar pessoas para compor essas equipes", explicou o especialista.

Após o posicionamento do comitê, o governo estadual decidiu se manifestar e manter, por enquanto, a realização dos desfiles das escolas de samba na Marquês de Sapucaí.

"Não é possível decidir sobre um evento que irá acontecer daqui a dois meses à luz do cenário epidemiológico momentâneo. Novas reuniões deverão acontecer para embasar a decisão da SES (Secretaria Estadual de Saúde", informou por meio de nota.

Por outro lado, a tendência é que o carnaval de rua seja suspenso em todo o estado, assim como já decidiu a Prefeitura do Rio, devido à dificuldade de realizar o controle sanitário, com a adoção de protocolos de testagem ou exigência de esquema vacinal completo.

A Liesa (Liga Independente das Escolas de Samba) já recomendou às escolas de samba do grupo especial que suspendam os ensaios de rua. Escolas como São Clemente e Grande Rio anunciaram o cancelamento dos eventos na rua.

Últimas