Rio de Janeiro RJ: Doze pessoas são presas por tráfico e maus-tratos a animais

RJ: Doze pessoas são presas por tráfico e maus-tratos a animais

Segundo a polícia, animais em condições precárias eram expostos em feira em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense

  • Rio de Janeiro | Mariene Lino, do R7*, com informações de Rael Policarpo, da Record TV Rio

Doze pessoas suspeitas de tráfico de animais silvestres e maus-tratos a bichos domésticos foram presas no último domingo (7) em uma operação da DPMA (Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente) em uma feira em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Animais estavam em condições precárias

Animais estavam em condições precárias

Divulgação/PCERJ

Entre os presos, está a responsável pela feira. Segundo o delegado Mário Andrade, a mulher cobrava uma taxa de R$ 50 para a exposição dos animais no local.

Na feira, os agentes apreenderam dezenas de pássaros, 13 jabutis e 23 cachorros.

Segundo a polícia, os animais estavam em condições precárias, como falta de água e alimentação e acomodação em espaços pequenos. Além disso, o delegado informou que vários cachorros estavam com parasitas ou doenças caninas contagiosas.

De acordo com o delegado, oito pessoas foram autuadas por maus-tratos a cães pela Lei Sansão, sancionada em setembro do ano passado. A legislação prevê reclusão de dois a cinco anos, além de multa e proibição de o agressor ser tutor de animais. Já os outros quatro suspeitos vão responder por venda clandestina de animais silvestres.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Odair Braz Jr.

Últimas