Rio de Janeiro RJ: Engenheiro preso por estupro atraía crianças com brinquedos

RJ: Engenheiro preso por estupro atraía crianças com brinquedos

Abusos ocorriam em quarto da casa do homem, decorado com temática de desenhos animados, em Niterói, segundo a polícia

  • Rio de Janeiro | Victor Tozo, do R7*, com Record TV Rio

Homem atraía vítimas com desenhos infantis

Homem atraía vítimas com desenhos infantis

Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil prendeu, nesta quarta-feira (24), um engenheiro de 63 anos acusado do estupro de crianças em Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro.

Na residência do homem, os investigadores localizaram o quarto onde ocorriam os abusos, que é decorado com temática de desenhos animados infantis e que ele utilizava para atrair as crianças. Uma das vítimas identificadas sofreu a violência dos 13 aos 14 anos de idade.

Segundo a polícia, o engenheiro confessou ter cometido os atos sexuais, alegando que era “apaixonado” pela vítima e que as relações eram consensuais. Ainda segundo ele, os estupros teriam ocorrido em viagens feitas ao exterior. No Brasil, manter relações sexuais com menores de 14 anos é considerado estupro de vulnerável, independentemente do consentimento da vítima.

De acordo com o delegado Adriano França, da DCAV (Delegacia da Criança e Adolescente Vítima), o homem já foi denunciado pelo Ministério Público e ainda pode responder pelo crime de compartilhamento de vídeos que gravava registrando os abusos.

Os agentes apreenderam equipamentos eletrônicos, que serão periciados com o objetivo de procurar mais provas e possíveis outras vítimas. Dezenas de brinquedos também foram coletados.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira 

Últimas