Rio de Janeiro RJ: fornecimento de água vai ser interrompido nesta quinta (25)

RJ: fornecimento de água vai ser interrompido nesta quinta (25)

Paralisação afeta Rio de Janeiro, Duque de Caxias, São João de Meriti, Nova Iguaçu, Mesquita, Nilópolis e Belford Roxo

  • Rio de Janeiro | Inácio Loyola*, do R7

A Cedae vai interromper o fornecimento de água aos municípios do Rio de Janeiro, Duque de Caxias, São João de Meriti, Nova Iguaçu, Mesquita, Nilópolis e Belford Roxo nesta quinta-feira (25). A paralisação vai durar 12 horas, das 8h às 20h.

Sistema Guandu vai passar por manutenção

Sistema Guandu vai passar por manutenção

Divulgação/Cedae

A interrupção ocorre por causa de uma manutenção preventiva no sistema Guandu. A operação faz parte da preparação para o período do verão 2021/2022.

O abastecimento será retomado após a conclusão da manutenção, mas em alguns pontos das cidades, como em ruas elevadas, o fornecimento poderá levar até 72 horas para ser normalizado.

A Cedae organizou um esquema para usar carros-pipa no atendimento a hospitais, unidades do Corpo de Bombeiros, escolas e outros serviços essenciais. A companhia afirmou que vai estar em contato frequente com a empresa Águas do Rio, responsável pela distribuição em bairros da capital e cidades da Baixada Fluminense.

A companhia recomendou que a população reserve água e adie tarefas não essenciais que exijam grande consumo. Os clientes da Cedae podem pedir o abastecimento por caminhão-pipa pelo telefone 0800-282-1195.

Manutenção

A manutenção ocorre todo ano. Ela conta com a presença de 400 profissionais, entre engenheiros, eletricistas, mecânicos e agentes de saneamento, e 28 veículos.

A ação permite reparos e correções, como limpeza das estruturas, inspeção das instalações e substituição de válvulas e registros.

Para as obras do sistema Guandu haverá aquisição de novos equipamentos e reforma das instalações, com um investimento de R$ 800 milhões.

A intervenção também inclui a modernização dos filtros, eficientização do processo de limpeza dos decantadores, substituição de válvulas, reformulação do Centro de Controle Operacional e do sistema de monitoramento.

Últimas