Rio de Janeiro RJ: Frentista morre baleado dentro de carro a caminho do trabalho

RJ: Frentista morre baleado dentro de carro a caminho do trabalho

Arilson Santiago Pinto, de 21 anos, tinha acabado de pegar carona com um amigo no bairro Tribobó quando foi atingido

  • Rio de Janeiro | Ana Beatriz Araújo, do R7*, com Record TV Rio

Um frentista morreu baleado dentro de um carro a caminho do trabalho em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio, no domingo (28).

Arilson tinha 21 anos e deixa a esposa grávida

Arilson tinha 21 anos e deixa a esposa grávida

Reprodução/Record TV Rio

De acordo familiares, Arilson Santiago Pinto, de 21 anos, tinha acabado de pegar carona com um amigo no bairro Tribobó quando foi atingido. Ele chegou a ser socorrido ao Hospital Estadual Alberto Torres, também em São Gonçalo, mas não resistiu aos ferimentos.

Rio inicia vacinação de idosos de 79 anos nesta segunda

Em nota, a Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí disse investigar o caso. Testemunhas foram chamadas para ajudar a esclarecer o fato. 

Segundo a apuração da Record TV Rio, o corpo de Arilson será enterrado às 17h desta segunda-feira (1°), no cemitério Parque Niterói. Ele deixa uma esposa que está grávida. 

Protestos

Cansados da violência, os moradores da comunidade Palha Seca, em Tribobó, realizaram um protesto na RJ-106 contra a morte do frentista. Os manifestantes atearam fogo em pneus e um ônibus ficou atravessado na pista.

O trânsito ficou congestionado e houve tumulto na região. A polícia foi acionada para conter a manigestação e reagiram com bombas de gás.

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas