Rio sob intervenção
Rio de Janeiro RJ: homicídios caem 7% e mortes em ações policiais crescem 35% em 2018

RJ: homicídios caem 7% e mortes em ações policiais crescem 35% em 2018

Dados divulgados pelo ISP comparam índices de violência de 2018 e 2017; casos de estupro no estado aumentaram 7,2%, com mais casos na capital

dados violência 2018

Rio esteve sob intervenção federal na segurança de fevereiro a dezembro de 2018

Rio esteve sob intervenção federal na segurança de fevereiro a dezembro de 2018

Tânia Rêgo/Agência Brasil - 10.10.2018

O número de homicídios dolosos no estado do Rio de Janeiro caiu 7,7% em 2018. De acordo com dados divulgados na sexta-feira (18) pelo ISP (Instituto de Segurança Pública), a queda é ainda maior comparando apenas o mês de dezembro do ano passado com o mesmo período de 2017, chegando a 23,4%. Já as mortes decorrentes de intervenção de agentes do Estado aumentaram em 35,9% de janeiro a dezembro de 2018, na comparação com 2017. Ao todo, 1.532 pessoas foram mortas em 2018, contra 1.127 em 2017.

Intervenção no Rio deixou de lado ações de inteligência, diz relatório

Essas mortes respondem pela maior parte dos casos que compõem o indicador global de letalidade violenta, que soma os casos de lesão corporal seguida de morte, homicídio doloso, morte decorrente de intervenção de agentes do Estado e latrocínio. O total da letalidade violenta caiu 0,8% em relação a 2017, somando 6.695 casos.

Um dos principais alvos dos agentes da intervenção federal na segurança pública do Rio foi o combate ao roubo de cargas. A intervenção vigorou de fevereiro a dezembro. Com as medidas adotadas, houve redução de 13,4% nos roubos desse tipo no ano passado. No mês de dezembro, a queda chegou a 31,7% na comparação com o fim de 2017.

Wilson Witzel defende 'tiro na cabeça' de criminosos com fuzil

O ano de 2018 também teve 28 policiais militares mortos em serviço e quatro policiais civis mortos enquanto estavam trabalhando.

Outro crime que teve aumento no ano passado foi o estupro. De janeiro a dezembro, foram registrados 5.310 casos desse tipo no estado do Rio, um número 7,2% maior que o de 2017. Nesse tipo de crime, o interior se aproxima da capital, já que as duas regiões registraram cerca de 1,6 mil casos. Mais 1,4 mil casos foram contabilizados na Baixada Fluminense e 611, no leste fluminense.

O total de roubos no estado subiu 0,5%, para 231 mil em 2018. No último mês do ano, entretanto, houve uma queda de 6,6% frente a dezembro de 2017. Já o total de furtos de 2018 foi 1% menor que o registrado em 2017, apesar de o mês de dezembro ter apresentado uma alta de 1,9% em comparação com os mesmos 31 dias do ano anterior.