Rio de Janeiro RJ: operação contra corridas ilegais apreende carro de R$ 2 milhões 

RJ: operação contra corridas ilegais apreende carro de R$ 2 milhões 

 Mais de 20 mandados de busca e apreensão foram cumpridos contra um grupo suspeito de realizar corridas ilegais com carros luxuosos

Investigação começou depois de acidente com um carro

Investigação começou depois de acidente com um carro

Reprodução

As policias Rodoviária Federal e Civil iniciaram nesta quinta-feira (28) uma operação em diversos bairros e municípios do Rio de Janeiro contra um grupo suspeito de realizar corridas ilegais com carros luxuosos, conhecido como "rachas ou "pegas".

Segundo as corporações, mais de 20 mandados de busca e apreensão foram cumpridos.

Leia também: RJ: vistoria de deputado termina em confusão em hospital de campanha

Na Barra da Tijuca, zona norte do Rio, os policias prenderam um dono de uma loja de veículos.

Com o empresário, foi encontrado um Porsche Carrera 911 GT RS3, carro avaliado em R$ 2 milhões, além de armas de fogo não registradas.

O homem já havia sido preso pela Polícia Federal, em 2011, por suspeita de participação em uma quadrilha de contraventores e mafiosos israelenses.

Outro empresário, morador do Flamengo, na zona sul da cidade, também é dono de uma loja de automóveis e seria o encarregado de fazer modificações nos carros.

O objetivo seria prepar os veículos para os "rachas". Ele possui canais na internet para divulgação das corridas, de acordo com as investigações.

Segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal), a investigação teve início depois que um carro capotou em 26 de abril, na Rodovia Rio-Juiz de Fora (BR-040), nas proximidades de Petrópolis, na Região Serrana. 

O motorista do automóvel, um BMW X1, deixou o local antes da chegada do socorro. Após a investigação da corporação, foi indentificado que o homem era participante de "rachas" na região.

Últimas