RJ: Polícia prende suspeitos de envolvimento em morte de PM

O cabo Derinaldo Cardoso, de 34 anos, foi baleado na cabeçadurante um assalto uma loja em Mesquita, na Baixada Fluminense

  • Rio de Janeiro | Ana Beatriz Araújo, do R7*, com Record TV Rio

audima

A polícia prendeu os dois suspeitos de envolvimento na morte de um PM na comunidade Vila Kennedy, na zona norte do Rio.

PM foi baleado na cabeça durante assalto
Reprodução

O cabo Derinaldo Cardoso, de 34 anos, foi baleado na cabeça durante um assalto a uma loja em Mesquita, na Baixada Fluminense, na sexta-feira (4). Ele chegou a ser socorrido e passou por uma cirurgia no Hospital Geral de Nova Iguaçu, mas não resistiu aos ferimentos.

Um dos homens teria efetuado o disparo que matou o agente. O outro era considerado foragido da Justiça e seria o responsável por dar cobertura aos comparsas no momento do roubo.

Com os presos também foi encontrada a arma que teria sido usada no crime. A dupla foi levada para a 54ª DP (Belford Roxo), onde prestaram depoimento.

RJ: “Se eles deram o tiro, algum alvo eles viram”, diz mãe de Emilly

Publicidade

As câmeras de segurança do estabelecimento registraram o crime. Cardoso estava na porta e não percebe que um dos criminosos estava escondido atrás do mostruário. Em seguida, o vídeo mostra o momento do disparo.

Nas redes sociais, o governador em exercício Cláudio Castro parabenizou a polícia pela prisão.

O cabo Derinaldo Cardoso foi sepultado no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na zona oeste do Rio. Ele deixa a esposa e dois filhos.

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Ir para versão mobile