Novo Coronavírus

Rio de Janeiro Sem vacinas, Prefeitura do Rio suspende 2ª dose da CoronaVac

Sem vacinas, Prefeitura do Rio suspende 2ª dose da CoronaVac

Cidade manteve a vacinação com a reserva técnica, mas o estoque se esgotou, assim como em outras cidades e estados

Agência Estado
Secretário Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, faz aplicação de vacina

Secretário Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, faz aplicação de vacina

João Gabriel Alves / Agência Enquadrar / Folhapress - 24.04.2021


A Prefeitura do Rio informou na noite deste sábado (1º) que terá de adiar por dez dias a aplicação da segunda dose da CoronaVac devido à falta de entrega de novas remessas da vacina Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a cidade do Rio manteve a vacinação com a reserva técnica até o momento, mas o estoque se esgotou, como já havia acontecido em outros municípios e Estados do Brasil.

O comunicado da Prefeitura diz que, pelo cronograma do Ministério da Saúde, não haverá reposição da CoronaVac em quantidade suficiente antes do prazo informado. Ficará mantida a vacinação com segunda dose de CoronaVac somente para acamados e idosos acima de 70 anos que fizeram a primeira dose no município do Rio de Janeiro.

A imunização de primeira e segunda doses com a vacina AstraZeneca está mantida e o calendário de grupos prioritários foi inclusive antecipado. Com a chegada de novas remessas da AstraZeneca, será possível vacinar pessoas dos grupos prioritários com 52 anos ou mais até o próximo dia 8 de maio, sábado.

Últimas