Operação Lava Jato

Rio de Janeiro Sérgio Cabral é condenado pela 14ª vez na Lava Jato

Sérgio Cabral é condenado pela 14ª vez na Lava Jato

Somadas, as penas aplicadas ao ex-governador do Rio já ultrapassam 294 anos; desta vez, Cabral foi sentenciado na operação C'est Fini 

  • Rio de Janeiro | Irislayne Tavares, do R7*

Cabral foi condenado pela 14ª vez na Lava Jato

Cabral foi condenado pela 14ª vez na Lava Jato

Arquivo / Agência Brasil

O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral foi condenado por corrupção pela 14ª vez na operação Lava Jato. Ele foi sentenciado a cumprir mais 11 anos e 10 meses de reclusão pelo juiz federal Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, na última quinta-feira (20), na operação C'est Fini. Somadas, as penas aplicadas ultrapassam 294 anos de prisão.

De acordo com a denúncia, o ex-governador do Rio estabeleceu uma taxa de 5% em todos os contratos celebrados com o governo do Estado desde que assumiu o mandato. Além de Cabral, outras duas pessoas também foram condenadas na mesma ação. 

Na decisão, o juiz federal destacou a culpabilidade elevada de Cabral por ser o idealizador de esquemas ilícitos.

A operação C'est Fini ("é o fim", em francês) faz referência à imagem de um jantar em Paris, no ano de 2009, que ficou conhecido como "farra dos guardanapos", na qual vários envolvidos em esquemas de corrupção aparecem usando guardanapos na cabeça.

A defesa de Sérgio Cabral afirmou que irá recorrer.  Em nota, o advogado disse que, apesar da redução da pena, o ex-governador "merecia a concessão do perdão judicial" por ter colaborado com a Justiça.

*Estagiária do R7 sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas