Soldado do Bope morre durante treinamento no RJ

De acordo com as primeiras informações,  Allan da Silva Vigna, de 32 anos, teve mal súbito durante travessia aquática 

Um soldado do Bope (Batalhão de Operações Especiais) de 32 anos morreu durante uma travessia aquática do Curso de Operações Especiais em Ribeirão das Lajes, município de Piraí, na tarde de sexta-feira (9).

Soldado Vigna estava no Bope desde 2019

Soldado Vigna estava no Bope desde 2019

Tânia Rêgo/Agência Brasil - 21.03.2018

De acordo com a Polícia Militar, Allan da Silva Vigna teve um mal súbito. O corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) para necropsia. Além disso, um Inquérito Policial Militar foi instaurado para averiguar as circunstâncias do fato.

A PM informou que o militar chegou a ser socorrido pela equipe de instrução e a receber atendimento dos profissionais de saúde que acompanhavam o curso. No entanto, ele não respondeu aos estímulos dos procedimentos de primeiros socorros.

Em nota, a corporação lamentou a morte do soldado Vigna. Ele estava do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) há cinco anos e meio, desde a conclusão do CAT (Curso de Ações Táticas) em 2019. O agente deixou a esposa.

Últimas