Rio de Janeiro TJ-RJ suspende contrato da Saúde por suspeita de irregularidades 

TJ-RJ suspende contrato da Saúde por suspeita de irregularidades 

Ação investiga compra de 150 mil unidades da máscara “N95”, que seriam utilizadas por profissionais de saúde no combate à pandemia 

  • Rio de Janeiro | Vinícius Andrade, do R7*

Ação investiga compra de máscaras

Ação investiga compra de máscaras

Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio) suspendeu nesta quinta-feira (16) um contrato de R$ 2,8 milhões firmado entre a SES (Secretaria Estadual de Saúde) do Rio e a empresa Sysgraphic por suspeitar de irregularidades.

Leia também: RJ transfere todos os pacientes dos hospitais do Maracanã e S. Gonçalo

O juiz Bruno Bodart, da 6ª Vara da Fazenda Pública, ainda determinou que o Estado não realize novos “empenhos, liquidações ou pagamentos relativos ao contrato firmado com a empresa” sob pena de multa de R$ 50 mil.

Segundo a ação, há irregularidade na compra de 150 mil unidades da máscara “N95”, que seriam utilizadas por profissionais de saúde.

Entre as suspeitas apresentadas na ação judicial estão desvios na cotação de preços e sobrepreço das contratações emergenciais realizadas para combate ao novo coronavírus.

Além da empresa Sysgraphic e do governo estadual, o ex-secretário estadual de Saúde Edmar Santos e dois ex subsecretários são réus na ação. 

Os três últimos foram presos na Operação Mercadores do Caos, que investiga outros desvios de verbas para construção de hospitais de campanha e aquisição de equipamentos durante a pandemia. 

Em nota, a SES informou que todos os contratos de organizações sociais estão sendo revisados pela pasta, em conjunto com a Procuradoria Geral do Estado e a Controladoria Geral do Estado . 

A pasta ainda ressaltou que vai punir, de acordo com a legislação vigente, qualquer possível irregularidade que for constatada pelos órgãos de controle.

Procurados pelo R7, os outros citados na ação não se manifestaram até a publicação desta matéria. Espaço está aberto. 

*Estagiário do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas