Rio de Janeiro Policial morre após ser baleado em barbearia no Rio

Policial morre após ser baleado em barbearia no Rio

O capitão da PM Anderson Galvão, de 35 anos, estava em uma barbearia no bairro do Pechincha, na zona oeste do Rio de Janeiro, quando um homem entrou no estabelecimento e atirou na direção do policial. De acordo com testemunhas, o suspeito chegou à barbearia em um carro preto. Um comparsa ficou no veículo para dar cobertura. Após o crime, os dois homens fugiram. Galvão era noivo e deixou um filho de dois anos e meio.