Notícias Rio suspende repescagem da vacinação para 40-; 'passaporte' é adiado

Rio suspende repescagem da vacinação para 40-; 'passaporte' é adiado

Agência Estado

Com quantidade insuficiente de doses, o Rio suspendeu provisoriamente a repescagem de vacinação contra a covid-19. Nesta terça-feira, 31, a capital fluminense está realizando a primeira dose apenas para meninos com 16 anos, além de gestantes, puérperas, pessoas com deficiência a partir de 12 anos, ou adultos com mais de 40 anos.

A repescagem para quem tem 39 anos ou menos está indefinida. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), ela ficará suspensa "até a entrega de novas doses por parte do Ministério da Saúde".

'Passaporte' de vacinação

A Prefeitura do Rio decidiu adiar para o próximo dia 15 a exigência da apresentação de comprovante de vacinação contra a covid-19 para a entrada em estabelecimentos de uso coletivo. O motivo apresentado é "a instabilidade do ConecteSUS para retirada dos certificados de vacinação".

Na sexta-feira passada, dia 27, o Diário Oficial do Rio trouxe decreto que estabelecia a exigência de comprovação vacinal para acessos a ambientes de uso coletivo na cidade, como academias de ginástica, clubes e cinemas. A medida passaria a vigorar nesta quarta-feira, 1º.

Nesta terça-feira, porém, o município decidiu adiar a exigência. "A Prefeitura do Rio adia para o dia 15 de setembro o início da verificação da situação vacinal para entrada em estabelecimentos fechados. Nesse período, entre os dias 1º e 14 de setembro, será realizada uma série de ações educativas com o setor regulado e essa cobrança pode ser iniciada por cada setor que já se sinta preparado e queira estimular a vacinação", informou, em nota.

Últimas