Coronavírus

São Paulo À espera de UTI, 11 pessoas com covid morrem em Taboão da Serra

À espera de UTI, 11 pessoas com covid morrem em Taboão da Serra

Para atender demanda, prefeitura criará mais 30 leitos de enfermaria, aumentando a capacidade de atendimento em 75%

  • São Paulo | Do R7

Pacientes com covid-19 morrem enquanto esperam leitos com UTI

Pacientes com covid-19 morrem enquanto esperam leitos com UTI

Eduardo Anizelli/ Folhapress - 09.02.2021

A secretaria de saúde de Taboão da Serra confirmou nesta terça-feira (9) que 11 pessoas com covid-19 morreram enquanto esperavam leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) nos últimos dias. O órgão informou, por meio de nota que, existem 12 pedidos de transferências para o Hospital do Estado equipado com os equipamentos.

"A Prefeitura de Taboão da Serra esclarece que devido ao colapso na Central de Regulação e Ofertas de Serviços de Saúde CROSS, desde 3 de março desse ano, todas as solicitações estavam sendo negadas", disse a pasta.

Segundo a secretaria, na manhã desta terça-feira, o governo do Estado de São Paulo liberou quatro vagas para o atendimento de pacientes que estavam na fila de espera por uma vaga em leito de UTI.

"Temos 12 solicitações inseridas no sistema CROSS, mas infelizmente nos últimos dias 11 pacientes vieram a óbito aguardando transferências. Nos últimos dias Taboão da Serra chegou a ter 16 pacientes aguardando por leito de UTI em vagas reguladas pelo Estado."

A cidade, de acordo com a administração municipal, não dispõe de leitos de UTI, apenas leitos de suporte ventilatório e enfermaria. Para atender a crescente demanda por internações em decorrência da covid-19, a Prefeitura de Taboão da Serra criará, até o final de semana, mais 30 leitos de enfermaria, o que aumentará a capacidade de atendimento em 75%, totalizando 70 leitos exclusivos para a doença.

A Prefeitura de Taboão da Serra esclareceu ainda que os dados enviados e divulgados são computados apenas após a liberação do resultado do exame de RT – PCR, que comprova a morte por covid-19.

De acordo com o boletim, no dia 5 morreram duas mulheres de 76 e 73 anos e dois homens de 75 e 58 anos. No dia 6, morreram duas mulheres de 95 e 74 anos e um homem de 46 anos. No dia 7, um homem de 52 anos morreu e no dia 8, uma mulher com 71 anos perdeu a vida.

Últimas