São Paulo Acidente em Taguaí é o mais grave em São Paulo nos últimos 22 anos

Acidente em Taguaí é o mais grave em São Paulo nos últimos 22 anos

Tragédia envolvendo ônibus com romeiros provocou a morte de 55 pessoas em setembro de1998 na rodovia Anhanguera, em Araras, no interior 

  • São Paulo | Do R7

Acidente com ônibus de romeiros deixou 55 mortos em 8 de setembro de 1998

Acidente com ônibus de romeiros deixou 55 mortos em 8 de setembro de 1998

Matuiti Mayezo / Folhapress - 08.09.1998

O acidente que provocou 41 mortes na região de Taguaí, no interior de São Paulo, na manhã desta quarta-feira (25) é o mais grave já registrado no últimos 22 anos no estado.

Leia também: Familiares de vítimas de Taguaí (SP) terão atendimento psicológico

Em 8 de setembro de 1998, um acidente envolvendo dois ônibus, uma carreta um caminhão-tanque provocou a morte de 55 pessoas na rodovia Anhanguera, na região de Araras, também no interior do estado, a 170 km da capital. Os corpos de 39 vítimas tiveram de ser transportados para Anápolis, em Goiás, pela Força Aérea Brasileira (FAB).  

Veja também: Policiais doam sangue para ajudar vítimas de acidente de Taguaí (SP) 

Acidente em Taguaí, nesta quarta-feira (25)

Acidente em Taguaí, nesta quarta-feira (25)

Reprodução/Record TV

O acidente desta manhã, que deixou 11 pessoas feridas, aconteceu por volta das 6h30 desta manhã na altura do km 172 da rodovia.

Leia também: Governo de SP monta força-tarefa após acidente no interior

Um ônibus com o motorista e 51 trabalhadores de uma empresa têxtil teria tentado ultrapassar um veículo quando se chocou de frente com uma carreta, que transportava esterco. A carreta teve a cabine totalmente destruída e foi parar a 20 metros da estrada. 

De acordo com os Bombeiros, uma das vítimas foi o motorista do caminhão e as demais, passageiros do ônibus, que transportava mais de 50 pessoas.

Os feridos em estado grave foram transportados por ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para as Santas Casas de Taguaí, Fartura e Taquarituba. Um helicóptero da PM foi usado no resgate de feridos.

Leia também: Doria se solidariza com famílias das vítimas de acidente no interior de SP

A Secretaria de Estado da Saúde informou que está dando suporte no direcionamento dos feridos para hospitais de referência da região. "Os 11 sobreviventes foram levados inicialmente a hospitais de Fartura, Taguaí e Taquarituba. Já foi viabilizada transferência de outros cinco pacientes para serviços mais complexos, sendo dois para o Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu e outros três para a Santa Casa de Avaré."

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), as unidades do Instituto Médico Legal (IML) de Avaré, Botucatu e Itapetininga foram acionadas, tendo em vista o grande número de óbitos.

A ocorrência será registrada em Taquarituba. A rodovia estadual, onde ocorreu o acidente, liga os municípios de Taguaí e Taquarituba, próximo à divisa de São Paulo e Paraná. O local do acidente é de curva sinuosa.

Últimas