São Paulo Adolescente de 16 anos é morta a tiros por ex-namorado

Adolescente de 16 anos é morta a tiros por ex-namorado

Família da garota diz que o jovem era violento e já tinha ameaçado a garota outras vezes

Adolescente de 16 anos é morta a tiros por ex-namorado

Ex-namorado matou adolescente de 16 anos e tentou se matar

Ex-namorado matou adolescente de 16 anos e tentou se matar

Reprodução/Rede Record

Uma jovem de 16 anos morreu depois de ser atingida por quatro tiros pelo ex-namorado no início da noite desta quinta-feira (1º), no Sacomã, bairro da zona sul de São Paulo. Em seguida, ele tentou se matar. A família da garota diz que o jovem era violento e já tinha ameaçado a adolescente outras vezes. 

A Polícia Militar entrou em uma viela e precisou arrombar a porta da jovem, onde ela morava com os pais, para atender as duas pessoas baleadas. Os dois jovens foram socorridos com vida e levados a um hospital. A adolescente não resistiu aos ferimentos e morreu. 

Os moradores do bairro contam que ela estava junto com o ex-namorado quando voltou para casa. Só estavam os dois no local e a vizinhança escutou os disparos, como conta Joab Alves, vizinho da família. 

— Seis tiros, deu pra ouvir perfeitamente. Eu já pensei: "ele matou a menina e se matou. 

Leia mais notícias de São Paulo

Segundo a polícia, foi um crime passional. Pelo menos quatro disparos atingiram a estudante. Depois, com a mesma arma, o jovem tentou se matar. Os jovens já não namoravam mais havia quase dois meses. O motivo da separação teria sido a agressividade do rapaz durante as brigas do casal.

A irmã da vítima, Alline Conceição Souza

— Ele chegou a ameaçar ela se separasse dele, ele ia matar ela. Chegou a colocar o revólver na cabeça dela e falou: "Se você não me matar, eu te mato". 

A família do rapaz ficou em choque e preferiu não falar o que aconteceu. O jovem passou a noite internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital. Segundo a Polícia Civil, ele teve morte cerebral. 

Assista ao vídeo: